8 de jun de 2009

Ácido pantotênico

Ácido pantotênico

A vitamina B5, também conhecida como ácido pantotênico ou pantotenato (a união correspondente ao ácido pantoténico) é uma vitamina que ajuda a controlar a capacidade de resposta do corpo ao stress e no metabolismo das proteínas, gorduras e açúcares.

Quimicamente, o ácido pantoténico é uma amida composta pelo ácido D-pantóico e o aminoácido alanina. O nome sistemático da forma biologicamente activa (o isómero D; o isómero L não possui actividade biológica[1]) é ácido 3-[(2R,4-dihidroxi-3,3-dimetilbutanoil)amino]propanóico.


Principais funções
O ácido pantoténico é essencial na síntese da coenzima A, sendo por isso uma vitamina essencial no metabolismo dos mamíferos.

* Ajuda a controlar a capacidade de resposta do corpo ao stress.
* Atua na produção dos hormônios supra-renais.
* Na formação de anticorpos.
* Ajuda no metabolismo das proteínas, gorduras e açúcares.
* Auxilia a conversão de lipídeos, carboidratos e proteínas em energia.
* É necessária para produzir esteróides vitais e cortisona na glândula supra-renal.


Principais fontes
A vitamina B5 é encontrada no fígado, cogumelos cozidos, milho, abacate e carne de galinha, ovos, leite, vegetais, legumes e cereais de grão. Os vegetarianos, apesar de não ingerirem alimentos de origem animal, têm suas necessidades supridas em caso de praticarem dieta balanceada, orientada por um profissional da Nutrição.


Sintomas de deficiência
Fadiga, má produção de anticorpos, cãibras musculares, dores e cólicas abdominais, insônia,mal-estar geral, fraqueza de unhas e cabelo.


Referências

1. ↑ MedlinePlus. "Pantothenic acid (Vitamin-B5), Dexpanthenol". Natural Standard Research Collaboration. U.S. National Library of Medicine. Acedido a 4 de Janeiro de 2007.

Nenhum comentário: