15 de jul de 2009

Como escolher o top certo para treinar

Para a mulher que corre, esta peça é tão importante quanto o o tênis adequado. Veja as dicas de treinadoras e saiba como escolher o seu modelo ideal

Pode não parecer, mas uma das áreas mais sensíveis do corpo da mulher, os seios, também devem receber atenção especial na corrida. Segundo um estudo realizado pela pesquisadora Joanna Scurr, da Universidade de Portsmouth, esta área sofre uma oscilação que pode chegar a 21 centímetros durante a prática do esporte.

Por isso, a escolha do top ideal vai muito além da parte estética, já que tem grande participação na sustentação do busto. Os sutiãs convencionais não são feitos para amparar a movimentação dos seios durante o impacto, como fala Camila Hirsch, diretora técnica da Personal Life.

“Durante a corrida, a agitação é grande nesta região, o que pode levar a problemas como dores, já que os músculos passam a ser mais trabalhados e exigidos. A escolha do top correto dá à atleta a sustentação necessária ao movimento brusco da corrida”.

Para Adriana Piacsek, diretora técnica da TPM, Treinamento para Mulheres, cada mulher deve saber qual peça melhor se encaixa em seu corpo. “Cada corredora sabe qual peça lhe cai melhor, por isso, é algo bem pessoal e deve ser levado em consideração o conforto antes de tudo”.

Como escolher



Na hora de ir às compras, a mulher deve ter em mente que a beleza do top é apenas mais um dos fatores importantes, já que outros quesitos devem ser lembrados, como fala Adriana.

“Na hora de escolher o top ideal, deve ser analisado o tecido, se é feito de um material propício para a prática do esporte, se é bem reforçado, pois tem que dar suporte à região, e se a costura na parte de baixo não incomoda na hora da corrida”.

Para Camila, detalhes como a alça e o acabamento também devem ser levados em consideração. “As alças têm que ser largas, pois são mais fortes na hora de segurar o impacto, além disso, os tops sem decote, que fecham a parte da frente inteira, são mais seguros. Na parte de trás, as peças devem ser estilo nadador, também fechadas e largas”.

Por que é importante?



Além do desconforto, em alguns casos, a atleta pode vir a sofrer com problemas decorrentes do não uso dos tops especializados, sobretudo se tiverem seios grandes, mais sujeitos às oscilações.

“O uso de tops que não são feitos para a corrida pode gerar problemas no músculo peitoral, e até mesmo dores no ombro e nas costas, em decorrência da mudança de postura que a mulher acaba tendo que fazer naturalmente para proteger a região contra os movimentos bruscos”, fala Camila.

Nenhum comentário: