28 de mai de 2009

Spinning - uma mania saudável.


Nem todo mundo pode dar suas pedaladas por uma paisagem agradável nas grandes cidades. Como resposta, o ciclismo indoor veio como uma tempestade para a indústria de Fitness. Nenhuma modalidade esportiva, desde o Step, foi recebida com tanto entusiasmo e por uma variedade tão grande de pessoas. Indivíduos de várias idades e níveis de condicionamento estão participando de aulas de ciclismo e o mercado continua crescendo.

Por que o ciclismo indoor tornou-se tão popular? Talvez porque não tenha passos complicados como as aulas de exercícios em grupo na maioria das academias. Talvez porque queima muitas calorias (em média de 600 a 800 calorias por hora aula). Mas, na verdade, o ciclismo indoor é considerado como a mais entusiasmante e intensa atividade das propostas atuais, trazendo resultados certeiros para quem quer aprimorar a resistência cardiovascular respiratória e a perda de peso enfatizando o trabalho neuromuscular. Isto porque o ininterrupto movimento de pedalar exige a participação de grande parte dos músculos dos membros inferiores, além do tronco e membros superiores envolvidos direta e indiretamente no trabalho e muitos outros benefícios.

Há vários programas de ciclismo indoor. O Spinning é um deles, apresentando um completo programa de atividades em bicicletas estacionárias, através da simulação de vários percursos formados basicamente de retas, com o uso de pouca ou moderada resistência e subidas, aumentando a resistência.

Em cada tipo de terreno simulado existem também duas posições do corpo: sentada e em pé. Estas posições e terrenos são combinados para criar várias técnicas, simulando situações encontradas no ciclismo de rua.

A primeira técnica que o aluno aprende é como pedalar sentado no plano. Depois como pedalar sentado com carga. O próximo passo é aprender a pedalar em pé no plano e depois, em pé na subida. Depois de adquirir mais habilidade em sentar e ficar de pé, o aluno aprende os jumps (saltos) que compõem uma técnica mais avançada, combinando as técnicas; sentada e em pé.

Ainda num estágio futuro está o Sprinting que é uma corrida de curta distância, na qual a pessoa pedala num ritmo crescente por um determinado tempo. À medida que o praticante progride, outras técnicas e conceitos serão introduzidos. Além da posição do corpo, há três posições básicas para apoio das mãos, que ajudam a eliminar a fadiga dos ombros, cotovelos e punhos.

As aulas de ciclismo indoor se encaixam perfeitamente no conceito de treinamento intervalado (alternando picos de intensidade moderada e alta, com períodos de recuperação) através de diferentes métodos de treinamento da capacidade aeróbia e anaeróbia.

Um dos fatores de motivação no Spinning, senão o maior, são as músicas tocadas nas aulas. Além de incentivar os praticantes, determinam a cadência dos movimentos. Normalmente para uma aula de 45 minutos, serão utilizadas em média 10 ou 11 músicas para a composição da fita cassete.

Dicas importantes:

  • É essencial controlar a freqüência cardíaca para medir o esforço durante o exercício;
    Identifique a sua zona de F.C. de treinamento e respeite-a, pois podem existir diferentes níveis de condicionamento e adaptação dentro da mesma classe;

  • Tenha sempre uma garrafa de água e uma toalha por perto;

  • Ajuste adequadamente a altura do selim;

  • Ajuste a altura do guidão;

  • Ajuste o firma pé;

  • Conheça o sistema de frenagem;

  • Prenda os cadarços dos tênis;

  • Cuidado com a postura;

  • Use um tênis de cano baixo e sola reforçada na parte anterior;

  • Use roupas justas e confortáveis e de preferência bermudas alcochoadas, especiais para aulas de ciclismo;

  • Se for sua primeira aula, avise o professor para que ele lhe oriente;

  • Limpe a sua bicicleta após o uso;

  • Chegue 10 minutos antes da aula;

  • Faça pelo menos duas aulas por semana, para obter resultados satisfatórios;

  • Respeite as orientações dadas pelo professor;

  • Nunca tire os pés dos pedais sem antes parar de pedalar.
  • As aulas de Spinning são divertidas e simples após a fase de adaptação. Experimente! Você vai adorar.

    Atenção: caso você tenha algum problema de coluna ou alguma lesão, principalmente nas pernas e joelhos, consulte o médico antes de fazer a aula para ter certeza de que é seguro.

    Um comentário:

    Anônimo disse...

    pratico spinning a 10 anos e essa descrição foi bem direta e objetiva.
    Parabéns.