10 de jan de 2010

Exercício no frio não aumenta queima de gordura, mostra estudo

Pergunta: Uma pessoa tende a queimar mais gordura se exercitando ao ar livre num clima mais frio ou mais quente? Imagino que seja no tempo mais frio, já que o corpo tem de trabalhar mais duro para manter a temperatura corporal próxima do normal.

Resposta: "Ao contrário da sabedoria convencional, a combinação de exercício e exposição ao frio não age sinergicamente para aumentar o metabolismo de gorduras", diz um estudo publicado em 1991 no jornal "Sports Medicine".

O estudo, conduzido no Programa de Adaptação Ambiental Hiperbárica do Instituto Naval de Pesquisa Médica em Bethesda, localizado em Maryland, descobriu que alguns dos processos corpóreos envolvidos no metabolismo de gordura eram, na verdade, desacelerados pelos efeitos de temperaturas relativamente frias no tecido humano.

Os pesquisadores sugeriram que a desaceleração dos processos metabólicos pode ser relacionada à constrição de vasos sanguíneos nos tecidos adiposos periféricos quando o exercício é feito no frio.

O estudo descobriu que o volume de ar inalado e expirado em um minuto aumenta frente à exposição inicial ao frio, mas pode retornar a contagens comparáveis àquelas de exercícios em ambiente morno com esforço prolongado.

Os batimentos cardíacos são muitas vezes, mas não sempre, mais baixos durante exercícios no frio, enquanto a absorção de oxigênio pode aumentar --algo que, segundo sugestão dos pesquisadores, poderia ser parcialmente resultado de tremores.

Nenhum comentário: